“Não há cura para o NASCER e o MORRER, a não ser SABOREAR o intervalo”.


OLÁ! SEJAM BEM VINDOS! VOLTEM SEMPRE!

Pesquisar este blog

Carregando...
IMPORTANTE: AS INFORMAÇÕES CONTIDAS NESTE SITE TEM CARÁTER INFORMATIVO E NÃO SUBSTITUEM AS OPINIÕES, CONDUTAS E DISCUSSÕES ESTABELECIDAS ENTRE MÉDICO E PACIENTE.

NOTICIAS DA HORA.

Loading...

domingo, 26 de setembro de 2010

Quando sentimos quando uma artéria esta semi entupida.

Sabemos, quando os sintomas são: dores muito fortes no peito, onde se espalha para os ombros, pescoço ou braços. E quando isso acontece, temos que logo chamar alguém que possa ajudar, antes que qualquer coisa grave aconteça. Além desse sintoma, há também o sinal de tonturas, suor, náusea, respiração curta, falta de ar e sensação de plenitude gástrica.
Acontece devido à falta de sangue no músculo cardíaco, isso só quando uma artéria coronária está apertada ou entupida parcialmente ou completamente, e essa falta no sangue pode acontecer de diversas maneiras, um exemplo é quando a gordura vai se acumulando nas paredes da artéria, e com o passar do tempo se essa artéria tem algum estresse, acaba entupindo a artéria completamente, fazendo acontecer um infarto.
Mas nem sempre esses sintomas acontecem em cada ataque, as vezes vem e voltam. E foi comprovado através de uma pesquisa em 1600 hospitais americanos, que de três pessoas, uma não sente o sintoma de dor.
O suprimento de sangue para o músculo cardíaco é feito pelas artérias coronárias. Modificações nesse suprimento, geralmente causadas por entupimento nas artérias coronárias, podem lhe causar problemas.
Você já conhece um deles: a angina. Vamos falar de outros, para não haver confusão.
Infarto, enfarte, enfarto ou ataque cardíaco
Como a angina, também está ligado à diminuição de suprimento de sangue para o músculo cardíaco. Contudo, na angina este suprimento é reduzido temporariamente, levando à dor no peito. No infarto, ocorre uma interrupção abrupta do fluxo de sangue para o músculo cardíaco, porque a artéria coronária foi completamente entupida. Nessa situação, a dor é mais intensa e dura mais tempo.
Como uma regra geral, a angina não provoca danos permanentes no músculo cardíaco, o infarto sim.
Muitas pessoas que têm angina nunca tiveram um infarto.
Angina instável
Quando as crises de angina se tornam mais freqüentes, intensas ou passam a ocorrer com exercícios mais leves ou até mesmo em repouso é que algo mais grave, como o infarto, está por perto.
Ameaça de infarto
Não é um termo médico; em geral é usado pela população para se referir à angina instável.
Circulação colateral
Seu organismo pode encontrar uma maneira de aumentar o suprimento de sangue para o músculo cardíaco, quando uma artéria coronária está parcialmente obstruída. Outras artérias vizinhas podem se expandir e alguns ramos finos podem se alargar, para levar mais sangue à área afetada; é a chamada circulação colateral. Se ela se tornar bem desenvolvida, a angina pode diminuir ou mesmo desaparecer.
O que causa o entupimento das artérias?
A aterosclerose é a causa dos entupimentos nas artérias coronárias que existem na angina e no infarto. Ela provoca um estreitamento nas artérias, devido ao depósito de gorduras como o colesterol. Esse processo começa na infância e muitos de nós o temos em algum grau por volta dos 40 anos.
Como é feito o diagnóstico?
Os médicos podem chegar ao diagnóstico de angina pela descrição do que você está sentindo. Algumas vezes, apesar do diagnóstico de angina, o eletrocardiograma feito em repouso é normal, por isso o médico pode solicitar um teste ergométrico (teste de esforço). Neste teste é feito exercício em bicicleta ou esteira para aumentar as necessidades de sangue e oxigênio. Seu médico pode ainda decidir que um cateterismo cardíaco (ou cineangiocoronariografia) é necessário. É realizado através da introdução de um cateter pelo braço ou pela perna, chegando até o coração. Irá mostrar se suas artérias estão entupidas e qual a gravidade da obstrução. O exame é filmado para que os médicos possam analisá-lo mais tarde.
Como é feito o tratamento?
Existem 3 formas de tratamento: a clínica, a angioplastia e a cirurgia de revascularização do miocárdio.
Tratamento clínico ou medicamentoso
Você já deve ter ouvido falar de um medicamento colocado embaixo da língua, que alivia os sintomas da angina; são os nitratos.
Eles também podem ser engolidos ou usados sob forma de emplastros sobre a pele.
O nitrato sublingual é o que age mais rápido; em até 10 minutos a dor desaparece. Caso isto não aconteça, procure um Pronto-Socorro. Ele também pode ser usado preventivamente em situações onde a dor apareceria. Por isso quem tem angina deve ter sempre à mão alguns comprimidos. Mas é importante que isso seja feito sob orientação médica e só para quem tem angina.
Algumas pessoas sentem dor ou peso na cabeça toda vez que usam este medicamento. Na maioria das vezes, esse sintoma desaparece com o tempo.
Seu médico pode prescrever outros medicamentos para reduzir suas crises de angina, por vários motivos; os mais freqüentes são os bloqueadores de canal de cálcio e os betabloqueadores.
Se as crises de angina persistirem, apesar da medicação, ou se as obstruções nas artérias coronárias forem graves, poderá ser indicada a angioplastia ou cirurgia.
Angioplastia
Como na cineangiocoronariografia, um cateter especial com um balãozinho na ponta é levado até o local do entupimento, na artéria coronária. Neste local, ele é expandido, esmagando a placa de ateroma contra a parede da artéria, desentupindo-a.
Este procedimento envolve uma internação de 2 a 3 dias, após o que você retorna às atividades normais.
Cirurgia de revascularização do miocárdio ou ponte de safena
Nesta operação uma veia retirada da perna é colocada sobre a artéria entupida, ultrapassando o local do bloqueio. Se houver várias artérias entupidas, cada uma receberá uma ponte. Um tipo de ponte especial poderá ser feito, utilizando-se uma artéria chamada mamária interna.
Este procedimento requer uma internação de aproximadamente 8 a 10 dias, e o retorno às atividades normais levará no mínimo 30 dias.
O que você pode fazer para se ajudar?
Você é a pessoa que melhor pode conhecer a sua angina. Evite situações em que normalmente ela aparece e informe o médico sobre modificação e aparecimento de novos sintomas.
Alguns hábitos devem ser modificados:
bullet
Refeições pesadas, que exigem digestão mais demorada, sobrecarregam o coração e podem causar angina. Além disso, a obesidade e o excesso de colesterol na alimentação podem agravar a angina e contribuir para a aterosclerose coronária.
bullet
O fumo freqüentemente faz com que a angina piore. Se você fuma, PARE
bullet
Pressão alta aumenta o risco de desenvolver a aterosclerose coronária e pode agravar a angina. Portanto, o controle da pressão arterial é essencial.
Angina é um problema comum. Muitas pessoas que a compreendem conseguem conviver com ela, podem controlá-la e ter uma boa qualidade de vida.

11 comentários:

  1. gostei da informação, pois estou passando por isso no momento e não sabia como proceder, parabens valeu.

    ResponderExcluir
  2. Obrigada pela informação...

    ResponderExcluir
  3. gostei das enformação que li pois tenho todos os sintomas de angina ja fui em alguns medicos mais todos me dizem não ser nada mais so eu sei o que sinto e sei que é serio pois a dor e forte e de um mes pra ca estou tendo dores mesmo sem esforço fisico mesmo estando de boa estou sentindo dores não consigo lavar calçadas muito memo esfregar tapetes pois canço muito rapido a respiração fica curta e tenho fortes dores no peito que durar no maximo de dois a trez minutos mais esses minutos são terriveis a dor é forte e me tira o ar ai depois que a dor vai embora fico mole bem cansada espero que algum medico possa me ajudar !!!

    ResponderExcluir
  4. Gostaria muito de saber? fiz uma utrason das varizes-no diagnostico deu refluxo da veia safena femoral. O que é isso? e qual é a causa disso?

    ResponderExcluir
  5. Gostaria muito de saber? fiz uma utrason das varizes-no diagnostico deu refluxo da veia safena femoral. O que é isso? e qual é a causa disso?

    ResponderExcluir
  6. Gostaria muito de saber? fiz uma utrason das varizes-no diagnostico deu refluxo da veia safena femoral. O que é isso? e qual é a causa disso?

    ResponderExcluir
  7. Gostaria muito de saber? fiz uma utrason das varizes-no diagnostico deu refluxo da veia safena femoral. O que é isso? e qual é a causa disso?

    ResponderExcluir
  8. Gostaria muito de saber? fiz uma utrason das varizes-no diagnostico deu refluxo da veia safena femoral. O que é isso? e qual é a causa disso?

    ResponderExcluir
  9. olha gente to cansada destya historia os medicos nao sabem de nada tenho dores no braço e muito pequeno no peito mas eles dizem que nao e nada .pois so depois que vem o infarto que eles tentam fazer alguma coisa dai e tarde demais bom e so se apegar a deus nao confio em nenhu,m medici ta dificil mesmo.

    ResponderExcluir
  10. Achei muito clara as explicações , pois é muito difícil , principalmente para quem depende da saúde publica , encontrar um medico que tenha paciência de responder as nossas duvidas , as vezes que precisei de atendimento em pronto socorro , quase me mataram , pois a gente chega com a pressão muito alta e eles querem abaixar de uma vez , estou sentindo os sintomas de angina , tomo captopril e as , alguns médicos diagnosticaram como ansiedade . Tenho duvidas do diagnostico .

    ResponderExcluir
  11. E gente tava passando po isso enquanto eu nao fiço um caterismo nao descobriram as veias entupida...tem que ser tudo pago que o sus nao fazem esses exame.

    ResponderExcluir

esterfeliz12@yahoo,com.br

Loading...

Como desenvolver a autoestima, ganhar confiança e viver com mais entusiasmo.

Paixão, entusiasmo, alegria, esperança e tantas outras emoções positivas são o combustível para uma vida plena de EROS, essa energia magnífica que pode destruir, mas que principalmente pode ampliar.

Mais do que nunca se sabe que as doenças físicas e mentais estão profundamente associadas a fatores biológicos e psicossociais. Portanto, é importante aprender, ou melhor, reaprender a se conectar com o novo, como uma maneira de se atualizar sempre no seu desejo e na maneira de sentir e absorver o mundo que nos cerca.

Posso destacar aqui uma maneira muito simples e quase óbvia, mas que raramente usamos em nosso proveito que são nossos órgãos dos sentidos, pois é através dos órgãos sensoriais que as mensagens de prazer entram em nossa vida,estimulando o desejo.

Por que falar de desejo quando eu quero falar de autoestima, felicidade, estar de bem consigo mesmo ou mesma? Por que reconhecer o seu próprio desejo e satisfazê-lo é o alimento que a alma precisa para dar estrutura ao Ego para suportar os reveses da vida sem ser derrubada por eles.

Usar a visão para olhar o que é belo,ouvir uma música com o coração e a memória, saborear a vida e o bolo de chocolate sem culpas, acariciar e abraçar para se arrepiar; e dessa maneira abrir seus próprios canais de conexão com o mundo e com seus próprios desejos.

É necessário assumir seus prazeres e necessidades, entendendo e aceitando a diversidade em todos os sentidos, com respeito pela própria natureza e pela dos outros. Ser inteiro e a cada dia se reconhecer e se validar, hoje o gozo, amanhã choro, acerto e erro, tendo coragem e medo.

Luz e sombra fazem o todo e aceitar-se assim e se permitir sentir e viver todos os seus desejos e se encontrar com seu próprio EU, aquele que a gente muitas vezes esconde da gente mesma por conta das obrigações e responsabilidades.

Fazer a cada dia um novo dia, em anseios e respostas, abdicando das fórmulas prontas que muitas das vezes está calcada não nos desejos e experiências, atuais, mas sim em dificuldades e medos ultrapassados e sem sentido no hoje, no aqui e agora.


Campanha Nacional de Doação de Órgãos. Participe e Divulgue. Para ser doador de órgãos, fale com sua família e deixe clara a sua vontade, não é preciso deixar nenhum Documento. Acesse www.doevida.com.br e saiba mais. Divulgação: entre em contato comcomunicacao@saude.gov.br At.Ministério da saúde. Siga-nos: www.twitter.com/minsaude

DOE SANGUE

DOE SANGUE

VISITAS

free counters
CONTATOS, email:esterfeliz12@yahoo.com.br

Postagens populares

Os Imprescindíveis.

Há homens que lutam por um dia e são bons.

Há outros que lutam por um ano e são melhores.
Há outros, ainda, que lutam por muitos anos e são muito bons.
Há, porém, os que lutam por toda a vida,
Estes são os imprescindíveis.

Bertolt Brecht.

Loading...
Loading...